Projeto no Brasil é considerado um benefício na carteira de trabalho dos funcionários que aderiram ao processo Foto: Christine Donaldson/Unsplash

Notícias

O projeto de uma semana de trabalho de quatro dias tem como objetivo aumentar a produtividade no espaço de trabalho, explica Renata Rivetti, especialista em Felicidade Corporativa e diretora da Reconnect Happiness at Work, à CNN.

A empresa vai encabeçar as primeiras pesquisas qualitativas e quantitativas sobre uma semana de trabalho de quatro dias no Brasil, parceria com a 4 Day Week Global e o Boston College.

Rivetti explica que a ideia de uma semana de quatro dias surgiu de um empresário na Nova Zelândia, que começou a testar a prática de uma semana mais curta com os seus funcionários, e avaliou os indicadores a partir de medidas próprias.

“A nossa sociedade está trabalhando muito, mas não tem apresentado bons indicadores de produtividade nem de saúde mental. Esse projeto quer ampliar a discussão e encontrar novos caminhos e formas de trabalhar mais produtivas“, coloca a especialista.

 

EXPERIÊNCIAS ANTERIORES

A semana de quatro dias propõe reduzir a jornada de trabalho a 32 horas semanais. O novo arranjo pode ser feito de três maneiras:

tirar a segunda-feira da semana útil;

tirar a sexta-feira da semana útil;

reduzir a carga horária todos os dias.

O princípio do projeto é utilizar a lógica do “100 – 80 – 100“, que consiste em: 100% do salário; 80% de tempo e 100% de produtividade.

No Reino Unido, o projeto-piloto ocorreu no início deste ano, com a participação de 2.900 colaboradores de 61 empresas diferentes. 

 

A 4 Day Week Global compartilhou alguns dos resultados: 

 

·       92% das empresas continuarão com a semana de 4 dias;

·       39% dos colaboradores se sentiram menos estressados;

·       71% reduziram sintomas de burnout;

·       54% achou mais fácil conciliar vida pessoal e profissional;

·       Aumento de 1.4% na receita;

·       Comparando com período similar anos anteriores, a receita aumentou em média 35%;

·       15% dos colaboradores participantes disseram que nenhum aumento de salário os faria voltar à semana de 5 dias.

 

Confira o cronograma do piloto:

 

·       Junho e Julho de 2023: Foram realizadas sessões informativas sobre o programa piloto.

 

·       Agosto de 2023: Foi o prazo final para se inscrever na primeira fase do programa piloto.

 

·       Agosto, Setembro e Outubro de 2023: Período de preparação, treinamento e sessões de integração com equipe de suporte.

 

·       Novembro: Estabelecer métricas de linha de base para o aspecto de pesquisa do piloto e estar pronto para o teste.

 

·       Novembro de 2023 a Abril de 2024: Período de teste de seis meses, do início ao fim.

 

Por enquanto, o projeto no Brasil é considerado um benefício na carteira de trabalho dos funcionários que aderiram ao processo.

Neste período, Renata Rivetti explica que as organizações que administram a pesquisa estão discutindo com os sindicatos sobre acordos coletivos para garantir esses benefícios aos trabalhadores.

Após o processo, cada empresa tem o direito de decidir se irá manter o modelo de trabalho ou não, conta a diretora da Reconnect Happiness at Work.

 

 

 

Fonte: CNN

0
0
0
s2smodern

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar